Vamos construir uma escola


Como Empresa, Instituição ou Particular pode ter parte activa neste projecto. Vá ficando á par do que está a acontecer...

Em Junho de 2016 Inauguramos o Furo de Água e iniciou-se a Plantação de 300 árvores no local onde será construída a futura escola comunitária. Ver imagens...

Com a iniciativa da associação Mangwana pretende-se construir uma escola comunitária de acesso gratuito, destinada a crianças e jovens desfavorecidos, em Macanda. A escola compreenderá o ensino pré-escolar, primário e secundário completos e apoiar-se-á numa visão holística e livre da educação.O projeto arquitetónico assentará na sustentabilidade, no respeito pela natureza e cultura local, com recurso a materiais e técnicas que integram a expressão e cultura moçambicanas, capacitando e envolvendo a comunidade local desde a construção até ao pleno funcionamento da escola.

Visão

Um ensino livre e holístico que contribua para o desenvolvimento de uma sociedade inclusiva e equitativa em direitos.

Missão

Promover a igualdade no acesso ao ensino.
Inspirar as crianças e jovens a se tornarem cidadãos livres, criativos, conscientes e autónomos nas relações interpessoais e com o meio.

Valores

Desenvolvimento humano sustentável; felicidade e sabedoria; apreciação da beleza; saúde holística; harmonia com a natureza; liberdade e pensamento global.

Escolha do local para implementação do Projeto



A localidade de Impaputo, zona de Macanda, foi escolhida devido às características socioeducativas do público-alvo da escola mangwana (crianças/jovens desfavorecidos entre os 3 e 18 anos).

Trata-se de uma comunidade rural, com cerca de 1050 habitantes que pertence ao município da Namaacha, um dos oito distritos da província de Maputo.

Na zona de Macanda existe uma escola primária completa (da 1ª à 7ª classe) e nas proximidades existem mais três, porém, não existe nenhuma escola pré-escolar ou secundária. Não obstante a necessidade do ensino pré-escolar como base de preparação para a escola, constatou-se ainda que, devido à ausência do nível secundário, a maioria dos adolescentes deixa de estudar e os restantes emigram para a Suazilândia ou migram para Maputo. Em ambos os casos, acabam por não regressar.

Objetivos do Projeto

A curto prazo:

  • Contribuir para o acesso a um ensino de qualidade
  • Garantir o acesso ao ensino secundário e pré-escolar
  • Contribuir para a diminuição do êxodo rural da localidade de Impaputo
  • Contribuir para a capacitação técnica da comunidade local
  • Criar oportunidades de emprego a partir da contratação de mão-de-obra local

- Ver informação completa

- Ver documento de proposta para financiamento de pequeno projeto


Contamos com a sua participação, as crianças e população do Município da Namaacha agradecem!

Dividimos em 12 sectores as necessidades imediatas:



FURO CAPTAÇÃO ÁGUA

FEITO...


 

ELETROBOMBA

EM EXECUÇÃO...



 

RESERVATÓRIO DE ÁGUA

EM EXECUÇÃO...



 

CONSTRUÇÃO

EM EXECUÇÃO...


MATI YA MANGWANA
"A água do Amanhã"

O seu logo pode aparecer aqui
Contacte-nos

 


PLANTAÇÃO 300 ÁRVORES

EM EXECUÇÃO...

Agradecemos à empresa
XXXXXXX o seu donativo



 

RECURSOS HUMANOS





TRANSPORTE


 



 

MOBÍLIA




 

COZINHA


O seu logo pode aparecer aqui
Contacte-nos


MATI YA MANGWANA
"A água do Amanhã"

Agradecemos à empresa
XXXXXXX o seu donativo


MATI YA MANGWANA
"A água do Amanhã"



 

REFEIÇÕES




 

UNIFORMES




 

LIVROS


 

 

MATERIAL ESCOLAR


 
- Ver lista completa das necessidades imediatas que pode fazer o seu contributo

As empresas, instituições e particulares que fizerem Doações terão uma menção nesta página do nosso Website, bem como agradecimentos na página donativos.

Podem doar o valor total de cada fase, ou parcial, ajude-nos a ajudar outras pessoas.

Incentivar e Proporcionar Ensino e Educação é apostar num futuro melhor...

Caso pretenda um destaque maior teremos todo o gosto de colocar em destaque no nosso website e nas iniciativas que tivermos.

Entre em contacto connosco e confirme por si mesmo(a) o referido projecto, a população de Impaputo, zona de Macanda agradece o seu apoio e contributo.